You are currently viewing Por que estudar em uma universidade brasileira morando em Portugal?

Por que estudar em uma universidade brasileira morando em Portugal?

Confira a matéria exclusiva feita pelo professor Marcelo Ramalho, do polo EAD do UniCV em Portugal

Diariamente temos recebido essa pergunta, e entendemos que essa é uma dúvida natural, por isso, resolvemos fazer essa nessa matéria, a fim de explicar de forma simples as vantagens de estudar em uma universidade brasileira morando no exterior, no caso, em Portugal.

O UniCV, primeira universidade brasileira EAD a chegar em Portugal, oferece através do seu polo universitário em Gaia atualmente mais de quarenta cursos de graduação entre tecnólogo e bacharelado, mais de trezentos cursos de pós-graduação e mais de cem cursos de extensão.

Ao optar por estudar em uma universidade brasileira, mesmo morando no exterior, temos que levar em conta os seguintes fatores: qualidade do ensino da faculdade escolhida, reconhecimento do curso escolhido pela autoridade brasileira (estamos falando de uma universidade no Brasil), custo, peso curricular, facilidade de estudo, dentre outras… E tudo isso o UniCV tem de sobra!

A maior dúvida surge quanto ao certificado e a sua validade no exterior. Esse é o ponto central dessa matéria, e tentaremos esclarecer ao máximo as dúvidas que surgem a respeito.

Assim como o certificado expedido no Brasil a princípio “não vale” em Portugal, um certificado português, também, “não vale” no Brasil; para que sejam aceitos, ambos precisarão passar por um processo de validação, quer seja no Brasil, quer seja em Portugal. Então, qual a vantagem nisso?

Aqui a nossa balança deve começar a funcionar; e para isso vamos pesar os seguintes aspectos:

– É possível validar um certificado de curso superior brasileiro em Portugal?

R: Sim! Mas só se você se formar em uma instituição reconhecida no país onde o certificado foi expedido. E é exatamente por isso que os certificados expedidos pelo UniCV são devidamente registrados no MEC e remetidos para o polo em Portugal já com o Apostilamento de Haia, o que para União Europeia, é uma garantia de que aquele documento apresentado (no caso, o certificado) é verdadeiro. A partir daí, deve-se procurar uma universidade portuguesa para que proceda de forma legal na validação do certificado.

– Qual a principal vantagem de estudar em uma universidade brasileira morando em Portugal?

R: A principal vantagem sem sombra de dúvidas e que faz muita diferença é o custo! Os valores pagos são muito menores, na maioria das vezes, o custo da universidade brasileira chega a menos de 1/3 do valor de uma universidade na Europa. Entretanto, os preços não interferem em nada quando se trata da qualidade inquestionável dos cursos.

– O certificado de um curso realizado a distância tem o mesmo valor de um curso presencial?

R: Sim! Os certificados são exatamente iguais, não existe distinção sobre a modalidade na qual o curso foi realizado.

– O polo universitário em Portugal de uma universidade brasileira, é exclusivamente para brasileiros?

R: Não! O UniCV é uma universidade brasileira aberta a todas as pessoas de todas as nacionalidades, então, todos(as) são muito bem-vindos(as)!

Além disso, é muito importante destacarmos as seguintes questões:

– Os profissionais formados em carreiras cujas profissões possuem órgãos regulatórios, conselhos, ou entidades reguladoras para o exercício da profissão, como Medicina, Direito, Ciências Contábeis, podem perfeitamente adequar/validar a sua certificação em outro país e se legalizarem no órgão respectivo, por isso temos, inclusive no Brasil, profissionais das mais diversas áreas formados no exterior e atuando de forma legal.

– Por outro lado, graduações que não possuem entidades regulatórias – como exemplo podemos citar: Marketing, Logística, Gestão de Recursos Humanos, Internet das Coisas, etc. – são cursos nos quais o conhecimento na área tem mais peso, além do reconhecimento de formação profissional na área em uma instituição de ensino superior reconhecida e homologada no país em que ela está sediada.

Imagens do polo UniCV em Gaia, Portugal

 

Outra consideração importante é a seguinte: quantos profissionais buscam instituições de outros países para fazer uma especialização (pós-graduação)? E por que não fazer uma pós-graduação no Brasil?

Temos excelentes cursos que vão oferecer ao profissional um know-how e um conhecimento específico sobre determinado assunto ou área de conhecimento, o que será fundamental para o exercício diferenciado da profissão escolhida. Se graduar, pós-graduar ou fazer cursos de extensão não é desperdício de tempo, é valorização curricular e autoridade para o exercício da profissão escolhida.

Por fim, deixo uma mensagem exclusiva ao imigrante brasileiro, que elaborou um projeto temporário e deixou o seu país em busca de crescimento, seja cultural, educacional, ou financeiro: otimize ao máximo seu tempo no país em que se encontra, e se você ainda não é graduado, busque uma graduação; se você já tiver graduação, parta para uma especialização (pós-graduação), agregue valor ao seu currículo, faça cursos de extensão que irão somar o seu conhecimento. Quando regressar ao seu país de origem, volte maior do que quando você chegou ao exterior. Boa sorte a todos(as)!

– Prof. Marcelo P. Ramalho